a burocracia é um mal desnecessário sem o qual não se consegue viver.

não sei concentrar-me. não sei onde me devo focar, a que distância devo manter-me para ser o mundo. se me colo ao teclado vejo todo o teclado, pormenores de fabrico, defeitos de letra (tenho um m perneta e já não sei qual é o i o j ou o l) mas todo o quarto me passa ao lado. se me afasto do teclado percebo todo o compartimento, sei o que me rodeia, a que altura está o tecto de me cair, quantas paredes tem o quarto (quatro, tem quatro paredes) – oposição, perco o pormenor do erro. nada tão interessante como o erro. nada tão interessante quanto tudo.

o meio termo não existe.

é preciso calma, pergunto.
a resignação é mal vista.

é necessário medo.
é necessário o medo.

é essencial não te curvares.
é vital não te curvares.

pensamento erguido, caminha de costas.
de frente com o medo.